Arquivo por mês: fevereiro 2012

fev
13

Índia: Um país de muitos, mas para poucos…

Nestes três meses de Índia, sendo trinta e cinco dias em Rishikesh, dos quais de certa forma me “impediram” de viajar mais pelo país, principalmente, para o Sul, onde originalmente eu queria ir para Monbay, Goa e Kerala. Por outro lado, pude conhecer mais o Norte, tanto o oeste, quanto o leste. Provavelmente a Índia será …

Continue lendo »

fev
13

Gatronomia Bodh Gaya

Por ser um grande centro de Budismo e com presença forte de Tibetanos, a culinária de Bodh Gaya é bem característica deste país, com Momos e Macarrão Frito com legumes (veg.) ou carne (no veg.) Três boas opções são: Tibet Om Café, Mohammad  Restaurant e Green “Qualquer Coisa” Restaurant, não lembro o nome agora, mas fica …

Continue lendo »

fev
13

Dicas Bodh Gaya

1)  Aproveite os templos par air meditar; 2)  Vá para o campo de meditação (Rs25,00) que fica dentro do complexo; 3)  Hospede-se na Mohammad Guest House, que fica dentro de uma comunidade local e tem um bom banho quente. 4)  Se preferir, também pode tenatar ficar em algum temple ou monastério.

fev
13

Budh Gaya e Encontro Internacional de Budismo

Depois dos poucos, mas intensos dias em Varanasi, no dia 31/01/12, fui para Bodh Gaya (http://en.wikipedia.org/wiki/Bodh_Gaya), cidade que provavelmente é considerada uma das mais sagradas para o Budismo, já que foi lá, depois de 49 dias de meditação, de baixo de uma árvore Bodhi Tree (http://en.wikipedia.org/wiki/Bodhi_Tree), que Gautama Buddha (http://en.wikipedia.org/wiki/Gautama_Buddha), teve sua iluminação e a …

Continue lendo »

fev
13

Matei a cobra e ….coloquei no vidro!!!

Bem, não matei a coitadinha da cobra, foi só para compor o título do post mesmo, mas a situação foi veridica mesmo. Eu e as duas brasileiras que tinha reencontrado em Varanasi, fomos juntos para Sarnath, local da primeira prece, depois que Buddha teve a iluminação, o local hoje é um parque/ grande jardim, com uma Stupa …

Continue lendo »

fev
13

Agradecimentos Varanasi

Em Varanasi, reencontrei duas brasileiras que havia conhecido em Khajuraho: Aline (uma japinha) e Guilia e com elas fui a Sarnath e passamos um dia inteiro andando pelos Ghats. Varanasi, também foi local de reencontro com 4 espanhóis que conheci em Amritsar: Ruth, Tobi, Marta e Aitor, mas só encontrei mesmo com a Ruth e …

Continue lendo »

fev
13

Gastronomia Varanasi

Não tenho muito o que dar dicas de pratos em si, mas recomendo dois lugares para se comer bem e barato: Monalisa e Blue Lassi (mehor lassi da Índia).

fev
13

Dicas de Varanasi

1)  Não deixe de pegar uma canoa para ver o nascer do sol, as 6:00, vai pagr entre Rs50,00 e Rs100,00 a hora, depende de onde pega a canoa e de sua negociação; 2)  Não deixe também de atravessar para outra margem, para ver o pôr do sol, as 16:30; 3)  Assista as cerimônias noturnas, …

Continue lendo »

fev
13

Varanasi, o lugar mais sagrado da Índia.

Depois de sair da cidade dos Templos do Kamasutra (Khajuraho), fui para Varanasi (http://en.wikipedia.org/wiki/Varanasi), no dia 27/01/12, em mais uma viagem noturna de trem, mas desta vez, mesmo tendo ficado na cama superior, que não dá nem para ficar sentado, consegui dormir um pouco melhor, já que no compartimento, não tinha ninguém que roncasse. Cheguei …

Continue lendo »

fev
13

A Lei do “Todo Mundo”

Nas duas últimas semanas, uma frase me chamou a atenção ao converser com 2 ou 3 pessoas, quando perguntei porque elas pensavam de determinada forma em relação aos assuntos m questão. As respostas, apesar de assuntos e pessoas totalmente distintas, foram basicamente as mesmas: Porque todo mundo… Então comecei a pensar que poderia existir uma …

Continue lendo »