«

»

jan
23

Amritsar e meus primos de Punjab…

Desde que cheguei na Índia, alguns indianos acham que também sou daqui, especificamente de Panjab, uma região que faz fronteira com o Paquistão e onde os homens, os Sikhs (http://en.wikipedia.org/wiki/Sikh) usam turbantes e barbas longas ou devidamente presas com um tipo de “rede”ou engomadas e coladas ao rosto, com um tipo de gel.

Por isso e por ter outra grande atração da Índia, o Golden Temple (http://en.wikipedia.org/wiki/Harmandir_Sahib), resolvi neste ultimo mês de Índia, começar ou terminar, a viagem por aqui.

Sendo assim no dia 19/01, peguei o trem na estaçao central de Nova Delhi e depois de umas 6 horas, em um trem antigo, mas confortável, classe 3A (poltrona com ar condicionado/ aquecedor) onde já incluído no preço do ticket, você tem direito a café da manhã (chá/ leite e biscoito), uma garrafa de água mineral e depois um lance e banheiro bem limpo, cheguei em Amritsar, uma cidade que fica a 30KM da fronteira do Paquistão. Diariamente, entre 16:30 e 17:30, é possível assistir a um verdadeiro espetáculo, na cidade de Atari, a cerimônia de abertura e fechamento dos portões da fronteira entre os dois países. Uma verdadeira performance, quase que artística dos militares dos dois países e com moradores locais, também do dois países, cantando, dançando e ovacionando os nomes dos dois países como verdadeiras torcidas organizadas. Lembrando que em um passado recente o Paquistão fazia parte da Índia e após um movimento separatista, passou a ser considerado um país independente, em 1947 (http://en.wikipedia.org/wiki/Partition_of_India).

Além desta cerimônia, quase teatral, outra grande atração da região, é o Golden Temple, onde é possível ver os híndus da “linha” Sikhs, se rendendo ao frio e se banhando nas águas geladas do lago do Templo

Não perca, também no próprio Golden Temple, o almoço comunitário, onde cerca de umas 6.000 pessoas, diariamente, se sentam no chão, com sua bandeijas na mão, a espera da pessoa que passa servindo comida, chapati e água, gratuitamente e é claro que eu não podia ficar de fora desta experiência. Você pode também se voluntariar para ajudar no prepare da comido, para lavar as louças depois ou varrer o chão do salão, entre uma rodada e outra das pessoas que aguardam do lado de fora, pela sua vez. A comida é boa, apesar de simples (Thali), acredite e deixe seus preconceitos de lado, imperdível.

O complexo do Golden Temple, tem outros mini templos ou “santuários”, também abertos para visitação.

Bem, até o próximo post, que provavelmente deve ser para falar de Khajuraho, onde tem os Templos do Kamasutra…huuuummmm…..

Não deixe de ver as fotos do Golden Temple e da Cerimônia na Fronteira, no flickr, basta clicar: http://www.flickr.com/photos/viagemmundoafora/

Namastê

Deixe uma resposta

Seu e-mail não será publicado.

* Copy This Password *

* Type Or Paste Password Here *

Você pode usar estas tags e atributos HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>