jan
23

Tandoori, a especialidade de Panjab

Punjab  é conhecida pela sua comida do norte da Índia, pricipalmente por seus petiscos, feitos no Tandoor, um tipo de forno (http://en.wikipedia.org/wiki/Tandoor).

Uma boa opção para isso, é o restaurante que fica no hotel Tulipe Palace, Hotel Gran Legacy (Moti Mahal Deluxe), que funciona desde 1920. Ótimo custi benefício e com Kingfisher (cerveja) e outros drinks para acompanhar as entradinhas.

Peça o Frango Tandoori.

 

 

jan
23

Dicas de Amritsar

1)  Reserve o hotel com antecedência, assim como a compra do ticket de trem também, este ultimo, se possível compre já na ida em Delhi ou onde estiver;

2)  Não perca a cerimonia religiosa de abertura do Golden Temple, que acontece de madrugada, entre 03:00 e 05:00 da manhã. Eu acabei não indo por conta do frio (8ºC);

3)  Quando for visitar o Golden Temple, leve um lenço para cobrir a cabeça, mesmo os homens e prepare-se para tirar os sapatos e meias;

4)  Ajude com voluntário, no almoço comunitário

5)  Não perca a cerimônia na fronteira entre Índia e Paquistão, você pode ir de auto rickshaw, vai pagar entre 400,00 – 450,00 rúpias, ida e volta, o o fica esperando;

6)  Passe no máximo 3 dias em Amritsar, claro, se quiser apenas ver estas atraçoes e conehcer um pouco a cidade;

7)  Se quiser fugir um pouco do agito e barulho do centro, perto do Golden Temple, uma opção é a Tourist Guest House (GT Road, 1355, tel 2553830), reserve o quarto 8, por 350,00 Rs. Ah e eles tem um Labrador lindo!!! O auto rickshaw, da estação de trem até lá sai por 50,00Rs

jan
23

Amritsar e meus primos de Punjab…

Desde que cheguei na Índia, alguns indianos acham que também sou daqui, especificamente de Panjab, uma região que faz fronteira com o Paquistão e onde os homens, os Sikhs (http://en.wikipedia.org/wiki/Sikh) usam turbantes e barbas longas ou devidamente presas com um tipo de “rede”ou engomadas e coladas ao rosto, com um tipo de gel.

Por isso e por ter outra grande atração da Índia, o Golden Temple (http://en.wikipedia.org/wiki/Harmandir_Sahib), resolvi neste ultimo mês de Índia, começar ou terminar, a viagem por aqui.

Sendo assim no dia 19/01, peguei o trem na estaçao central de Nova Delhi e depois de umas 6 horas, em um trem antigo, mas confortável, classe 3A (poltrona com ar condicionado/ aquecedor) onde já incluído no preço do ticket, você tem direito a café da manhã (chá/ leite e biscoito), uma garrafa de água mineral e depois um lance e banheiro bem limpo, cheguei em Amritsar, uma cidade que fica a 30KM da fronteira do Paquistão. Diariamente, entre 16:30 e 17:30, é possível assistir a um verdadeiro espetáculo, na cidade de Atari, a cerimônia de abertura e fechamento dos portões da fronteira entre os dois países. Uma verdadeira performance, quase que artística dos militares dos dois países e com moradores locais, também do dois países, cantando, dançando e ovacionando os nomes dos dois países como verdadeiras torcidas organizadas. Lembrando que em um passado recente o Paquistão fazia parte da Índia e após um movimento separatista, passou a ser considerado um país independente, em 1947 (http://en.wikipedia.org/wiki/Partition_of_India).

Além desta cerimônia, quase teatral, outra grande atração da região, é o Golden Temple, onde é possível ver os híndus da “linha” Sikhs, se rendendo ao frio e se banhando nas águas geladas do lago do Templo

Não perca, também no próprio Golden Temple, o almoço comunitário, onde cerca de umas 6.000 pessoas, diariamente, se sentam no chão, com sua bandeijas na mão, a espera da pessoa que passa servindo comida, chapati e água, gratuitamente e é claro que eu não podia ficar de fora desta experiência. Você pode também se voluntariar para ajudar no prepare da comido, para lavar as louças depois ou varrer o chão do salão, entre uma rodada e outra das pessoas que aguardam do lado de fora, pela sua vez. A comida é boa, apesar de simples (Thali), acredite e deixe seus preconceitos de lado, imperdível.

O complexo do Golden Temple, tem outros mini templos ou “santuários”, também abertos para visitação.

Bem, até o próximo post, que provavelmente deve ser para falar de Khajuraho, onde tem os Templos do Kamasutra…huuuummmm…..

Não deixe de ver as fotos do Golden Temple e da Cerimônia na Fronteira, no flickr, basta clicar: http://www.flickr.com/photos/viagemmundoafora/

Namastê

jan
22

Golden Triangle (Delhi-Agra-Jaipur) & Pushkar

Probelmas com o Mac parcialmente resolvidos, depois de uma semana em Delhi por conta disso, mas ainda não recuperei os arquivos antigos do HD interno. Vou tentar na Thailandia ou mandar para o Brasil… então: Keep Walking, life must going on…

No sábado, 07/01, aniversário do meu Irmão André Duarte, a Patrícia chegou de Paris, depois de uma tentativa frustrada de pegá-la no aeroporto (veja na dicas de Delhi), nos encontramos na casa do amigo dela que mora em Delhi, já por volta das 13:00. Acabamos sem não fazendo quase nada, pos ficamos conversando por algumas horas, até a fome bater e fomos em um ótimo restarante no Connaught Place, não me recordo do nome mas a conta eu lembro (rs), mas não foi caro pelo que comemos e pelo sabor. Depois fomos a um lugar onde tem várias lojas, que eu não conhecia, Fabindia (http://en.wikipedia.org/wiki/Fabindia) e também passamos no Red Fort, para ver como ficava ilumindo a noite, podia ter um projeto de iluminação melhor.

No dia seguinte, fui encontrar com a Patrícia e vomos para a mesquita de  Akshardham (http://en.wikipedia.org/wiki/Akshardham_(Delhi)), simplesmente imperdível. Mas não vá com máquinas, bolsas e objetos de metal ou terá que deixar tudo no guarda volumes, foi o que fiz e fiquei com O, na mão. Depois, fomos ao Spice Market, em Old Delhi, Khari Baoli, que é o maior mercado de especiarias da Ásia, mas era domingo e muitas lojas estavam fechadas, então vomos para o Karim’s, pois a fome estava aumentando. Tentamos ir emm outra mesquita, mas não é permitido a entrada de mulheres depois das 17:00, então fomos para casa do Ronaldo (amigo da Patrícia) e ficamos conversando um pouco mais …

Dia 09/01, partimos de Delhi, para começar uma viagem de 5 dias, pelo Gonden Triangle, essa viagem é recomendada para que tem uma semana, pois passa em algumas das principais atrações da India, entre elas o Taj Mahal, em Agra.

Chegando em Agra, fomos direto para o Agra Fort (http://en.wikipedia.org/wiki/Agra_Fort), mais um World Heritage, depois fomos para o que pode ser considerado, talvez, a única construcão feita em nome do amor, do Imperador Shahjahan, pela princesa  Mughal, Mumtaz, o Taj Mahal  (http://en.wikipedia.org/wiki/Taj_Mahal). Não tenho palavras para descreer este lugar, grandioso, magnífico, nababesco, imponente,, lindo, hipinotizante…e tudo mais que já pensou sobre este “Lugar”. Saindo do Taj, vomos para o Hotel, enfim um bom hotel. Só um (), esta viagem foi feita/ reservada, através de uma agência, então tínhamos motorista 24 horas, guia em Jaiupur e todos os destinos com hoteis reservados.

Dia 10/02 partimos cedo para Jaipur, onde visitamos, mais um World Heritage, Fatehpur Sikri (http://en.wikipedia.org/wiki/Fatehpur_Sikri ), uma cidade construída pelo famoso Imperador Mughal Akbar (http://en.wikipedia.org/wiki/Jahangir ), e que foi abandonada por falta de água. Saindo de lá, fomos visitar algumas lojas, pois a Patrícia queria fazer “comprinhas básicas”e Jaipur é  famosa por seus tecidos e pedras precisas. Iríamos voltar para Jaipur no últimos dia da viagem.

No dia seguinte, 11/01, visitamos o Amber Fort (http://en.wikipedia.org/wiki/Amer_Fort), também em Jaipur, onde fizemos uma pequena “cavalgada”de elefante. Como seria o nome para isso? ok, andamos de elefante, que sai da entrada “baixa” do Forte e vai até a entrada “alta”, uns 700 metros, mas vale a diversão e já estava incluído no pacote também. Em seguida partimos para Pushkar ( http://en.wikipedia.org/wiki/Pushkar), uma das cinco cidade consideradas sagradas, pelo hinduísmo e onde tem um lago, que segundo a história foi formado por uma flor de lótus de caiu do céu,, das mãos de Lord Brahma   (http://en.wikipedia.org/wiki/Brahma), um dos três principais Deuses do Hinduísmo, junto com Shiva (http://en.wikipedia.org/wiki/Shiva) e Vishnu (http://en.wikipedia.org/wiki/Vishnu). Esta cidade me vez lembrar Rishikesh, pois tem a mesma “vibe” e o mesmo tipo de “proposta”, deu vontade de ficar mais, mas ainda bem que estávamos com o roteiro definido, caso contrário, seriam mais um mês….

Tivemos o dia 12/01 free e no dia 13/01 voltamos para Jaipur, desta vez para conhecer a Pink City, na verdade, Jaipur é conhecida por Pink City, mas apenas uma parte, dentro do muros ainda preserva seu colorido e onde se encontram o Jantar Mantar (http://en.wikipedia.org/wiki/Jantar_Mantar_(Jaipur)), uma mistura de obeservatório e mapa astrológico a céu aberto, também considerado World Heritage e o  City Palace (http://en.wikipedia.org/wiki/City_Palace,_Jaipur).

Dia 14/01, acordamos bem cedo, 04:00, pois a Patrícia iria pegar o voô de volta para Paris, então tivemos que voltar para Delhi. Delhi, isso mesmo, mais uma vez e aproveitei para tentar  abrir os tais arquivos que estavam em .OLE, no HD externo, que são os antigos arquivos de Word e Excel, mas sem sucesso. Desta vez fiquei pouco tempo, o  suficiente para planejar a próxima etapa da viagem, já que ainda me restavam 30 dias de Índia, sendo assim fui para estação de trem, que fica muito próximo ao Main Bazar, onde fiquei hospedado e comprei x passagens para: Delhi-Amritsar (fronteira com Paquistão)-Delhi (outra vez, mas só por poucas horas)-Khajurho (templos Kamasutra)-Varanasi (lugar mais sagrado da Índia)-Bodhgaya (cidade onde Buddha teve a iluminação)-Darjeeling (fronteira com a China e famosa pelos seus chás)-Kolkata (a terceira maior cidade da Índia e meu destino final antes de partir para Thailandia).

Mas estes posts vocês acompanham ao longo do caminho…Ufá, consegui colocar tudo em dia..

Confira as fotos em: http://www.flickr.com/photos/viagemmundoafora/

Namastê!!!!

jan
18

Dicas Delhi e algo mais…

1) Se for viajar por muito tempo e precisar levar seu computador, tenha a mão:

a)HD externo para BACK UP (Semanal);

b) Leve com você os CD’s originais dos aplicativos e/ou copie o número de série, pois em alguns casos pode baixar da internet ou ir em uma Mac Store;

c) Se o Mac começar a travar para desligar ou ligar, não force para desligar, procure um revendedor/ assistencia, no prórpio site da Apple tem a lista, conforme o país;

d) Tenha também algum provedor de HD virtual, como garantia e faça seus back ups lá também.

2) Se for ficar em Delhi por mais de 3 dias e for usar o metro por mais de 4 vezes por dia, pense em comprar um cartão recarregável;

3) Se for ficar até 3 dias, tem um cartão para 3 dias com passe free, depois você devolve o cartão e recupera Rs100,00, na verdade quando devolve o cartão tem a devolção do valor do cartão que paga na compra, como um depósito;

4) O Spice Mkt não funciona aos domingos

5) Se for esperar alguém no aeroporto, não poderá entrar ou então terá que pagar Rs80,00 para entrar e não pode entra com bolsa nenhuma;

6) Use o metro, deixe para pegar os tuc tuc, quando tiver que andar muito entre a estação o ponto de destino. Prepare-se para enfrentar revista, em todas estações. Não entre no vagão reservado para mulheres.

7) Prepare-se para ser encoxado nas estações de maior movimento, Prepare-se para furarem sua fila!!!

8) Fique hospedado no Main Bazar (Pahar Ganj), onde as opções são bem mais baratas, estação de metro perto, vários lugares para comer, comprar…mas não espere muito do hoteis, principalmente os abaixo de Rs 500,00 (10 dólares). New Lodge Hotel (Rs350,00), com agua quente no quarto, TV e ventilador de teto – 863, Gali Chndi Wali, rua bem na frente do Nirvana Café;

9) Prepare-se para a Delhi Belly;

10) Recomedo: Café Nirvana(Sishu) no Main Bazar, boa música e boa comida, com preços bem honestos;

11) Se precisar de alguma Assistencia Mac procure: Anything Mac: www.anymac.biz

12) Se precisar de Assistncia Canon, procure: Canon Master Service Centre – www.canon.co.in . Estação: Barakhamba.

13) Compre você mesmo seus tickets de trem, na Estaçao Central de Nova Delhi, no segundo andar tem um “escritório”só para turísta e o serviço funciona muito bem, mas antes de se dirigir ao guichê de compra efetiva dos tickets, vá ao guiche de Customer Service, para tirar alguma dúvida e saber como preencher o formulário de compra. Atenção tem que ser formulário para cada ticket e não esqueça de levar o Passaporte, pagamento só cash.

 

 

 

jan
18

Delhi II: A Missão Steve Jobs!!!

Para variar o ônibus atrasou e fiquei no “ponto”por umas 2 horas e um frio de lascar, algumas outras pessoas que também iam para Delhi, começavam a ficar impassiencentes com o atraso e as conversas começaram a surgir, foi quando conheci um Americano que também estava com uma proposta de viajar por vários lugares e por bastante tempo (1 ano). No começo da conversa veio mais um “sinal” do Mr Steve, o cara tinha sido furtado na Thailandia, levaram o computador (Mac tb) e a máquina fotográfica…e o tio Steve lá de cima disse, viu meu filho ainda carrega vossa maçã consigo!!!

Chegando em Delhi, 28/12, 5:30 da manhã, depois de quase congelar de frio, pois algumas janelas do que chamam de ônibus não fechava, além de uma fervorosa discussão entre dois indianos, porque um cuspiu no chão do ônibus, que estava longe, longe de estar limpo, fui procurar um hotel para deixar as coisas e ir para Assistência Mac, recomendada pelo próprio site da Mac e classificado como Premium Reseller.

1ª  Surpresa – Meu HD estava conrrompido e a solução seria levar em um outro lugar, indicado por eles (Stellar), fazer um Data Recovering, nome técnico para Back Up ou Recuperação de Dados e resar para poder reaproveitar o mesmo HD (1TB);

2ª Surpresa – Fui para o tal lugar que me indicaram (Stellar) e chegando lá, disseram que teria que deixar o HD para fazer um análise/ diagnóstico e só depois disso poderiam dizer se era possível fazer a recuperação do dados ou não e o quanto seria possível recuperar. Mas eles não poderiam ficar com o computador em si, só o HD e não abrem o computador  para  tirar o HD, então lá  fui eu, em outra loja, abrir e tirar o HD. Feito isso deixei o HD e tive que esperar até o dia  seguinte pelo tal diagnóstico

3ª Surpresa – No dia seguinte, eles tinha me passado um email, dizendo que era possível fazer a recuperação, mas não seria possível reaproveitar o HD e isso levaria 10 dias. Até aí tudo bem, pois  iria viajar na semana seguinte para o Rajastão, então daria para  ficar sem o computador até lá, Além disso teria que comprar um novo HD Interno (cerca de 200,00 dólares – 750GB). Quando fui pagar os 50% de sinal, peguei as 3500 rúpias (70 dóares) e entreguei na mão da mulherer, que contou o dinheiro e  fez cara de “só isso”…Entendimentos pra lá e pra cá e acabei entendendo que na verdade teria que pegar 3500 rúpias, pois a tal recuperação de dados, custaria 70.000 rúpias (1.400 dólares). Quase infartei!!! Falei que não queria e resolvi procurar outro Revendedor na  lista do site da MAc, pois achei que o primeiro revendedor  e esta empresa, estariam  de  conluio e seria um esquema de comissão, muito comum na Índia, onde a corrupção é grande (lembrou de algum lugar?).

No dia seguinte fui para um novo revendedor que se fosse julgar pelo local que fica, nem entraria, mas…Índia é Índia e até uma assistência MAc pode  parecer uma boca de fumo…rsrsrs

Escutei a mesma história que teria que deixar o HD para fazer o diagnóstico e ligar no dia seguinte. OK, até as “mentiras” estavam batendo. Dia segunte voltei para saber o que seria possível, quando a 4ª Surpesa surgiu: Eles não conseguem fazer a recuperaçao dos dados pois teriam que abrir o HD e não tinham equipamentos para isso. Sabe para nde me indicaram? Acertou, Stellar!!!! E aí eu pensei: 1) ou os caras são os “únicos”que fazem esse tal de Data Recovering de maneira profissional 2) Ou essa rede de conluios é muito boa!!!! Preferi acreditar na primeira hipótese, mas mesmo assim não quiz pagar 1.400 dólares para fazer isso e além disso ter que comprar um HD novo. Então comprei só um HD (750 GB) original e com garantia Apple e  coloquei o “bichinho”  para funcionar outra vez….

A esta altura devem estar perguntando: E  o Back Up? Você não fez back up das suas coisas? Aha!!! fiz, estava tudo dentro de um HD Externo (1TB), que tinha comprado em NYC, mas “só” tinha as fotos e arquivos, até a China, quando fiz o último back up. Nova pergunta: Então porque não usa? Foi o que tentei fazer, depois que instalei o novo HD. 5ª Surpresa. Voltando  para o hotel, conectei  o HD, que aparecia no Finder, mas não abria…PQP!!!!A esta altura todos os Chákras já estavam pulando!!!! E toma Pranayama!!!!

No dia seguinte levei o HD externo e o note na mesma assistencia para entender pq, o que estava acontecendo já que antes de tudo acontecer eu conseguia “ler” o HD. 6ª Surpresa. O HD externo também havia sido conrrompido. Como? Não sei, mas lembro que quando deu essa merda toda, o HD externo estava conectado pois estava tentando copiar uns arquivos. Solução: deixar o HD externo para fazer o Data Recvering…E toma Pranayama!!!!!

Na sexta feira a noite (06/01) fui buscar o HD e vi que pelo menos as fotos estavam lá (UFA!!!), mas queria também recuperar minha planilha de custos que estava atualizada no back up e contem todos os dados (valores) da viagem, desde o preço que paguei por uma garrafa de água mineral na Finlandia, até o trekking do Nepal!!!! 7ª Surpresa. Quando cheguei no muquifo, quer dizer hotel, conectei o HD vi as fotos, mas os arquivos em Word e Excel, não apareciam, quer dizer os arquivos estão lá, até agora, mas como uma extensão que não conhecia .OLE. Pesquisando no Pai dos Burros do século XXI, o Google e não o Aurélio, descobri que são arquivos que foram conrrompidos e que não tem como abrir . Aja Pranayama!!!

Solucão fazer uma nova planilha, simples assim e aproveitei para fazer umas novas fórmulas…

Ah o HD antigo? Bem, vou tentar fazer o tal Data Recovering na Thailandia, já que é um grande centro de tecnologia e inclusive onde o HD foi fabricado, deve ser mais barato. Se tiver uma 8ª Surpresa, mando para o Brasil e o Betão vai tentar levar em algum lugar que faça.

Passado todo esses acontecimentos Kharmicos, fui no dia 09/01 para o Golden Triangle (Delhi, Agra, Jaipur, Pushkar), em companhia da Patrícia, mas esse post vocês acompanham depois….

Ah!!!! Em meio esta confusão toda, aproveitei para limpar a máquina fotográfica por dentro e no sábado e no domingo que a Patrícia já estava por aqui (Delhi), fomos a alguns lugares que não tinha ido antes:

Spice Market (Khari Baoli) - http://en.wikipedia.org/wiki/Khari_Baoli

Templo - http://en.wikipedia.org/wiki/Akshardham_(Delhi) . Imperdível!!!

Karims (Restaurante) - http://www.karimhoteldelhi.com/restaurants.html

Namastê!!!!

 

 

 

 

jan
18

Rishikesh: Should I stay or Should I Go?!?!?

Bem, meu plano incial para Rishikesh, era ficar não mais do que 2 semanas, mas este lugar parece que tem algo que te prende, parece não, tem…. Não sei se é a energia do Rio Ganges, se são as pessoas que vai conhecendo, a vida calma, o lado místico e espiritual, o momentos de reflexão, o custo baixíssimo ou o conjunto de todas estas coisas. Só sei que no final das contas acabei ficando 35 dias!!! Por um lado foi muito bom pois pude equalizar meu custo diário ao custo necessário para ficar dois anos, por outro, se pensar em termos de viagem, de conhecer nosvo lugares fiquei “parado” e isso de certa forma já estava me incomodando um pouco, sentia a necessidade de ir para outros lugares.
Podem estar se perguntando: Então o que ficou fazendo lá? Várias coisas e nada ao mesmo tempo. Você vai conhecendo as pessoas e elas vão de falando de um curso aqui, outro ali, uma aula de yoga espetacular, uma meditaçao profunda, um curso de XYZ e nessa eu fui ficando e fazendo aulas de culinária, curso de massagem ayurveda, iniciação em Krya Yoga, Work Shop de Tantra I, banho no Rio Ganges, Consulta Astrológica, Satsanga com o Prem Baba…até que?!?!

Recebo um sinal do Steve Jobs, dizendo que era hora realmente de me mudar de Rishikesh…o HD do Mac deu pau!!! Ao ligar aparecia a tela branca com um ponto de interrogação. Após algumas consultas no google (internet café), descobri que isso podia ser um problema do sistema operacional que não conseguia ler o HD, pois podia estar conrropido. Ou seja corria o risco de perder tudo, tudo, todos os arquivos, todas as fotos, músicas…tudo.

Isso acabou com meu planos também de ir para Dharamsala e me fez voltar para Delhi, já que era o lugar mais próximo com um revendedor e assistência Mac especializada. Até tentei umas rezas fortes, já que estava em Rishikesh, pedi para Shiva, depois lembrei que Shiva, simboliza a destruição e fui para Ganesh, mas nada….pensei até em levar para um banho no Rio Sagrado, já que dizem que ele cura tudo, mas achei que nao seria a melhor hora para uma Puja com a maçã …

Confesso que deu uma “brochada”, que perdi um pouco o tesão de escrever, de fotografar e fiquei tentando entender o motivo. Isso aconteceu um pouco antes do Natal, então decidi que ficaria até o dia 27.

Por falar em Natal, esse foi muito diferente, já que no hinduísmo não se comemora esta dada, mas como o Prem Baba, que é brasileiro, estava na cidade, tivemos uma “festa” ao som de tablas, flautas, violão e muita música….Hare Rama, Hare Krishna.

E lá fui eu de volta para Delhi….barulho, poeira, caos, mas maravilhosa!!!

jan
18

Agradecimento Rishikesh

Depois de tanto tempo em único lugar, acabei fazendo amizade que de certa forma marcaram esta fase da minha Jornada, bem vamos, a lista do Oscar…:

1) Bernadette Kirme – por ter feito eu fazer o impossível, mergulhar nas águas gélidas do Rio Ganga e depois pela companhia do resto do Dia, que foi fantástico!!!!

2) Márcia Solange – me “acompanhou”quase todos os dias, me ensinou um pouco mais sobre Ayurveda obrigado também pelas longas conversas e dos mais variados assuntos. Solta ela mulher!!!!(rs)

3) Marzia Priori – sem palavras…me levou para o mundo tantrico, num bom sentido. Te encontro na Thailandia!!!

4) Anna Chepeljuk – Crazy Russian Girl…obrigado pelo carinho e ajuda quando passei mal e pelas companhias matinais. Espero que seu tratamento tenho um ótimo resultado. Adoro St. Peters!!!!

5) O Bobby – pelo Bike Tour, eu estava precisando!!!

6) Lalita – pelas aulas de culinária, e pelas ótimas refeições…

7) Mr Ranji – o cozinheiro do Ashram, me alimentou durante os 35 dias.

8) A todos do curso de Tantra!!!!

jan
18

Tantra, muito mais do que sexo!!!

Vamos lá, vou tentar tirar todo o lado espiritual e religioso da questão, até por respeitar a crença religiosa de cada um e também pelo fato de que o que vou tentar explicar e comprovado cientificamente. Só peço que tentem, dentro do possivel de cada um, tirar um pouco a lente do mundo ocidental e se dispor a entender também outros conceitos. A Internet esta aí e qualquer pode fazer suas próprias pesquisas.

1) Não quero dizer que temos que ficar sem transar, o sexo tantrico nao fala em abstinência sexual, neste sentido, continuem transando e muito, faz bem para todos!!!

2) Também não estou falando que não podemos mais nos masturbar (homens e mulheres), o sexo tantrico também não restringe esta prática, pelo contrário, os exercícios passam por este tema;

3) A medicina oriental, seja chinesa, tibetanta, hindu e até mesmo a medicina dos povos indígenas existe muito, muito antes da medicina ocidental.

4) O sexo tantrico, cada um com seu estilo, faz parte dos escritos milenares, tanto do budismo, do taoismo, assim como do hinduismo.

5) Os Chakras, assim como outros pontos (meridianos), conhecidos da medicina chinesa, fazem parte de centros energéticos do nosso corpo.

6) Podem continuar dando aquela rapidinha, no banheiro, na escada, no elevador, no carro, onde quiserem….

7) Nao estou falando em fazer amor/ transar/ fuder, seja o que for, durante 4,5,6 horas mantendo a ereção constante, neste período. Apesar de duas horas de ereção constante ser a média do sexo tantrico.

Estes sao alguns pontos básicos para que fique claro para todos.

Agora, quem pergunta sou eu e proponho que façam uma reflexao, lembrando de suas experiências.

1) De que acham que é formado o esperma? quanta energia nosso corpo coloca para produzir, o que pode dar a vida? Se nao ejacularmos, para onde acham que vão todos os nutrientes que estão no esperma? Vocês sabem o quanto de comida, pronta para ser absorvida pelo organismo, é necessário para produzir 20mg de esperma?

2) Pensem no ato sexual como um “ciclo”, como se fosse um gáafico, entre tempo (X) e prazer(y). Quando chegamos no ponto máximo do prazer, o que pode variar em termos de tempo para cada um, atingimos o orgasmo e ejaculamos, certo? E depois? O que acontece com a curva do grafico? Como nos sentimos fisicamente? Ok, você é daqueles que dá  3, 4, certo? Mesmo assim o que acontece entre uma e outra e no final na “última”?

3) Quantos sentem um “explosão” no momento em que temos um orgasmo, que para nos (homens), em 100% dos casos está associado ao ato de ejacular?

4) Quantas vezes, este  nosso ciclo masculino, acontece antes o cilco feminino, que na maioria das vezes é maior em termos de tempoXorgasmo do que o nosso?

5) Quem já ouviu dizer que o momento exato do orgasmo é comparado a “morte”, tanto que existe o termo Pequena Morte/ Little Death/ la Petite Mort?

Agora um pouco para as mulheres, não que não possam pensar nas perguntas anteriores também, afinal tudo isso acontece por conta de vocês, Shaktis, Deusas, Vênus…

menstruar 6) O quanto de energia/ nutrientes acham que existe na sangue menstrual?

7) Para onde vão todos estes nutrientes se vocês não mestruarem, naturalmente, sem ajuda quimica? Nao estou falando de parar de (ovular) em si, apenas em nao “jogar” fora o liquido menstrual.

8) Quantas ouviram, quando menstruaram pela primeira vez, que isso é normal, que faz bem para saúde, que limpa o organismo, que é sinal de feminilidade? Quantas inclusive não falaram o mesmo para filha e/ou até de certa forma “comemoram” o acontecimento?

9) Como a maioria se sente durante o periodo menstrual, a famosa TPM? E consideram isso bom?

10) Quantas de fato pesquisaram para ver se existe alguma toxina e/ou substância que faça mal na menstruação? Porque acham que é bom repor o ferro e o cálcio durante esse periodo? Quem disse ou provou que a mulher que não menstrua é menos feminina do que a que menstrua? Alguem já comparou o nivel de progesterona das duas? Uma das maiores simbolos sexuais de todos os tempos não mestruava e talvez seja o maior simbolo de feminilidade.

11) Onde esta comprovado que a mulher que não menstrua, nao tem boa saúde?

Para homes e mulheres

12) O que acham que acontece com o nível de progesterena e testosterona se não menstruarem e se não ejacularmos? O que acham que acontece com a famosa menopausa e com a perda da virilidade se não menstruarmos e ejecularmo?

Bem o proposta do sexo tantrico é justamente esta:

Para os homens, não ejacular e conseguir ter vários orgasmos, só lembrando orgasmo é diferente de ejacular, mas por estarmos treinados, doutriados a associar uma coisa a outra achamos que não tem como separar. Por que as mulheres separam com mais facilidade?

Para as mulheres, ter orgasmos, pricipalmente no Ponto G, Vaginal e Cervical e muito menos o clitoriano que é mais comum e deixar de menstruar, NATURALMENTE, não é deixar de ovular é para de eliminar o líquido menstrual, fazendo com que seja reabsorvido pelo organismo.

Quando isso acontece, quando nós deixamos de ejacular e temos orgasmos constantes, conseguimos igualar o “grafico” tempo X prazer, com o das mulheres e os dois podem ter orgasmos multiplos por horas.

Já sei, alguem quer saber: E o que acontece com toda “porra”, literalmente, que vai ficar acumulada?

Bem, deixando de lado toda filosofia espiritual que tanto hindus, budistas, taoistas e outros acreditam, todo material (proteinas, hormonios e outros), são absorvidos pelo corpo e transforamado em “nova” energia. Não estou falando em energia cósmica, espiritual, nada disso. A mesma energia que o corpo cria quando nos alimentamos, pegamos sol, etc, etc…

O mesmo acontece com as mulheres que NATURALMENTE, param de desperdicar o liquido mesntrual.

Por isso na Grecia, Roma e algumas civilizações antigas, as mulheres costumavam beber o esperma, passar no corpo e etc, bem como beber o liquido menstrual é prática “comum”entre as praticantes mais “ortodóxas” do tantrismo.

Existem exercícios, tanto para mulheres quanto para homens, para estimular e/ou prender a ejaculação e menstruação.

O famoso exercicio, de contrair os músculos vaginais, colocando uma objetvo oval no interior e fazendo-o subir e descer. Prática constante de Yoga faz reduzir ou eliminar a menstrução.

Para nos, homens, existem vários, inclusive para trabalhar com os 4 grupos musculares que estão na regiao pélvica, perinio e anal, sem objetos, claro!!! Prender o mijo na hora de mijar, contrair e relaxar os musculos pélvicos e anal.

Com seis, sete meses de sacrificio, para os homens e de tabela para as mulheres também, conseguimos de fato, começar a sublimar e direcionar esta energia para o sétimo chakra.

Quanto mais tempo deixamos de ejacular, mais e mais energia acumulamos e maior e a sublimação.

Além disso, por acumularmos mais esta energia, passamos a ter mais testosterona, mais vitalidade, mais raciocinio, mais disposicao em forma geral,…

Para as mulheres, que nao menstruam NATURALMENTE, aumentam o nivel de progesterona, ficam mais femininas, retardam o famoso periodo de menopausa, ficam com a pele mais bonita, mais dispostas….

A parte ruim disso tudo, para os homens principalmente: Se ejacular, todo os esforço foi perdido, começa a contar do ZERO, mesmo na punheta, nos sonhos….Todo o tempo só conta quando tem relações sexuais, ou seja, não adianta ficar 6 meses sem ejacular, masem ter relação. A punheta vale com exercicio (rs)

Por que? Por conta de toda quimica, literalmente falando, toda troca que existe na penetração entre homem e mulher. Ou vai dizer que é a mesma coisa: um  5 contra 1 e uma boa transa!!! Onde é mais difícil segurar a ejaculação, na Mao do Palhaço ou no ato sexual? Vai dizer que sua mão tem o mesmo poder? Tem? Pode ganhar uma grana hein!!!(rs)

Agora falando um pouco de aspecto religiosos, para quem se interessar.

Os praticantes de yoga/ sexo tantrico, acreditam que existe uma substancia, chamada de Oja, tanto no esperma quando na menstruação, esta substancia é uma especie de elixir da vida, que contem muita, muita,muita energia. Por isso quando os desperdicamos nos sentimos fracos (apos ejacular e menstruar).

Para o praticante tantrico, quando deixamos de ejacular e só temos orgasmos é possivel sublimar toda esta energia e canalizar para o setimos chakra (coroa) e atingir o tao famoso Nirvana, através do ato sexual.

Tanto homem quanto mulher, podem sublimar esta energia e oferecer aos Deuses (Shiva e Shakti), masculino e feminino, principal obejtivo espiritual do praticante do sexo tantrico.

Bem, era isso, quem quiser perguntar mais…ligue para 080069696969 ou assista no GNT, todas as seXtas feiras, as 3:30 AM, o programa Viagem Mundo Afora, com o sexólogo  Babadhi Renato Serigni, quer dizer, Viagem Mundo A Dentro, já que para Afora nao sai mais “porra” nenhuma, literalmente.

Grande abraço!!!

jan
18

Dicas Rishikesh

1) Se não esta pretendendo ficar muito tempo em Rishikesh, cuidado!!!;

2) Mergulhe no Rio Ganges, vai entender o “Poder”deste Rio;

3) Proure escolas sérias de Yoga, Meditação e lugares profissionais para tratamentos Ayurvédicos (Panchakarma), veja os links no primeiro post sobre Rishikesh;

4) Se hospede em ashram de verdade, não em um “hotel” disfarçado de Ashram;

5) Se não for vegetariano, tente se acostumar coma idéia;

6) Bebida, nem pensar;

7) Assista as Pujas ao entardecer;

8) Visite o Ashram onde os Beatles ficaram, mas não espere muito, está tudo  tomado pelo mato e abandonado;

9) Tome o melhor Chay da Índia no The Office!!!;

10) Aproveite e tire um dia para ir a Haridwar.

1

 

 

Posts mais antigos «

» Posts mais novos